domingo, 1 de novembro de 2015

diário de leitura #21 - 04/10 a 01/11



Aí a pessoa cria vergonha na cara e, depois de quase um mês sem aparecer, vem contar o que aconteceu. Lu não morreu, não foi abduzida nem nada do tipo. Lu trabalha no ramo da educação e, quando um negocinho chamado ENEM se aproxima, Lu deixa de existir até que ele passe. 

Pois é, daí eu tava trabalhando muito. E isso coincidiu com uma das maiores ressacas literárias que eu já tive na vida. Todo livro que eu pegava pra ler acabava não engatando. Aí não teve outra, faltando leitura e faltando tempo pra escrever, como alimentar um blog? Mas passou, Lu tá de volta com mais um diário de leitura, que (apenas dessa vez) deixa de ser de domingo a domingo pra cobrir todo o período de sumiço. Bora?

Concluídos:
- Viver & Escrever - Vol. 3, de Edla van Steen. Li as 200 páginas desse livro rapidinho e concluí a coleção. A leitura vale muito a pena. O primeiro livro, no entanto, ainda é meu preferido e ganha disparado desse e do segundo volume.

- Todo dia, de David Levithan. Um dos meus remédios pra acabar com a ressaca literária é reler algum livro. Por já conhecer a história e saber seu desenrolar, é mais fácil pra mim, acho que é por isso que funciona. E o que falar desse livro? Li em 2013 e entrou pra lista de favoritos. Já terminei o livro pensando em lê-lo de novo. Só que aí, quanto mais eu demorava pra ler de novo, mais crescia o medo de eu gostar menos dele na segunda leitura. Mó besteira, reli, amei tanto quanto da primeira vez e agora ele tá todo grifadinho. A primeira leitura foi tão frenética que engoli o livro e não marquei as minhas passagens preferidas. Releituras também são pra isso. Li as 280 páginas com muito gosto (de novo). <3

- O cão que guarda as estrelas e O outro cão que guarda as estrelas, de Takashi Murakami. Reli o primeiro pra poder ler essa continuação maravilhosa. Gente, que história linda. Só melhora! Acho que são os mangás mais tocantes que já li na vida. Leitura obrigatória pra quem é dog lover. Eles têm 128 e 176 páginas, respectivamente. Também apelo pros quadrinhos quando tou de ressaca literária e não tem erro!

- Patrimônio, de Philip Roth. Faltava pouquinho pra concluir essa leitura, 68 páginas pra ser mais exata. Livro incrível, gente. Dá vontade de sair correndo e se declarar pro seu pai quando a leitura acaba.

- Death Note - Vols. 3 e 4, de Tsugumi Ohba. Também faltava pouco pra terminar o Vol. 3 quando a ressaca me pegou. Li as 1864 páginas que faltavam e engatei com o Vol. 4, que tem 416.

- 100 % morango - Vol. 1, de Mizuki Kawashita. Mangá fofíssimo que meu namorado me emprestou. Tou curtindo, tou empolgada. Esse primeiro volume tem 194 páginas.

- Turma da Mônica: Lições, de Victor Caffagi e Lu Caffagi. Esse eu li na livraria (sou dessas). Uma gracinha. Não lembro muito de "Laços" porque faz tempo que li, mas ouso dizer que gostei mais dessa continuação. Tem 82 páginas.

- HQ Fazendo meu Filme - Vol. 2, de Paula Pimenta. Não curti. Tou achando essas HQ's de FMF bem desnecessárias. Não acrescenta nada à história, os roteiros são fraquinhos... Sei lá, não rolou. Ainda bem que não comprei, li na livraria também. Tem 80 páginas.

- Eu me chamo Antônio, de Pedro Gabriel. Não tá na foto porque peguei pra ler no trabalho. É  legal, mas não achei essas coisas todas que todo mundo fala. Tem uns poemas bacanas, mas achei outros meio forçados. E se não fosse a legenda no fim do livro, eu não teria entendido boa parte devido à tipografia usada. Tem 192 páginas.

- Dorme, menino, dorme, de Laura Herrera. Eu já disse que amo livros infantis? Esse é da Coleção Leia para uma criança, do Itaú. Acho essa iniciativa deles fantásticas e todo ano garanto meu kit. Livro lindo, muito fofo. As ilustrações são incríveis! Tem só 32 páginas.

- Tatu-balão, de Sônia Barros. Esse também é do Itaú. Fofo, mas não me conquistou tanto. É todo rimado, mas prefiro livros infantis que tragam mensagens pra pessoas de todas as idades do que esses que só divertem. Tem 36 páginas. 

Em andamento:
- Os miseráveis, de Victor Hugo. Devagar e sempre, mas tenho que terminar essa leitura antes do ano virar. Consegui ler mais 198 páginas e continuo curtindo a leitura, com exceção dos momentos em que o autor fica divagando demais e me faz perder o fio da meada. Mais uma vez: não tá na foto porque o que são 198 páginas pra um livro com mais de 1500? Ele só vai dar as caras quando estiver finalizado.

Quem é você, Alasca?, de John Green. Pelos motivos já mencionados acima, resolvi reler esse livro. Também tou aproveitando pra grifar todas as frases incríveis que eu não marquei na primeira leitura. Li 34 páginas até agora.

Total de páginas lidas: 2300. Até que li um bocado pra quem teve uma ressaca literária daquelas. Mas vamos considerar que dessa vez o diário é de quase um mês e que li muitos quadrinhos e livros que eu já tinha lido. né?

É isso. Espero não sumir mais e em breve coloco em dia os posts que tou devendo! 

Um comentário :

  1. To loca pra ler Quem é você alaska? *---*
    Faz resenha ai no blog :D
    http://naoconfienosunicornios.blogspot.com.br/2015/11/como-eu-uso-melissa-flox.html

    ResponderExcluir