terça-feira, 24 de novembro de 2015

diário de leitura #24 - 15/11 a 22/11

O que andei lendo?

Concluídos:
- 365 dias extraordinários, de R. J. Palacio. Releitura rapidinha. Esse livro é só de citações, uma por página até fechar os 365 dias do ano. Recorro a ele quando tou precisada de inspiração ou de alguma frase bacaninha pra usar no trabalho. 432 páginas.

- O diário da Princesa, de Meg Cabot. Aí, depois de velha, resolvi reler o livro que me tornou leitora. É muito diferente ler de novo um livro que li pela primeira vez aos 11 anos, reli aos 20 e agora aos 25. A história é a mesma, mas eu mudei e minha percepção sobre alguns detalhes também. O que não muda é minha relação de amor com essa obra. E a edição de 15 anos de aniversário tá lindona e tornou a experiência ainda mais legal! 295 páginas.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

diário de leitura #23 - 08/11 a 15/11

Post atrasado por motivos de: meu computador tem vida própria e só funciona quando quer. Mas vem ver o que eu andei lendo:

Concluídos: 
- Os miseráveis, de Victor Hugo. Tão ouvindo o coro de aleluia? Depois de 9 meses, eu finalmente concluí a leitura dessa obra incrível. É mesmo tudo isso que todo mundo fala e todos os amantes de livros deveriam ler "Os miseráveis" um dia. Na semana que passou eu li as 102 páginas que faltavam.

domingo, 8 de novembro de 2015

diário de leitura #22 - 01/11 a 08/11

O que andei lendo?

Concluídos:
- 100% Morango - Vols. 2 a 6, de Mizuki Kawashita. Tou gostando bastante dessa série. É um mangá bem leve e divertido, ótimo pra passar o tempo. 970 páginas (somando todos os volumes lidos na semana).

Em andamento:
- Os miseráveis, de Victor Hugo. Continuo gostando e tou cada vez mais perto de terminar. Li mais 106 páginas essa semana.

domingo, 1 de novembro de 2015

diário de leitura #21 - 04/10 a 01/11



Aí a pessoa cria vergonha na cara e, depois de quase um mês sem aparecer, vem contar o que aconteceu. Lu não morreu, não foi abduzida nem nada do tipo. Lu trabalha no ramo da educação e, quando um negocinho chamado ENEM se aproxima, Lu deixa de existir até que ele passe. 

Pois é, daí eu tava trabalhando muito. E isso coincidiu com uma das maiores ressacas literárias que eu já tive na vida. Todo livro que eu pegava pra ler acabava não engatando. Aí não teve outra, faltando leitura e faltando tempo pra escrever, como alimentar um blog? Mas passou, Lu tá de volta com mais um diário de leitura, que (apenas dessa vez) deixa de ser de domingo a domingo pra cobrir todo o período de sumiço. Bora?