quinta-feira, 2 de julho de 2015

5 motivos para assistir a "Jurassic World" (com gifs)

Eu sei que eu tou meio atrasada pra falar de Jurassic World, mas eu amei o filme e eu preciso falar um pouquinho dele aqui e compartilhar o que eu achei. E eu sei que ainda estamos em julho, mas, pra mim, esse foi o filme do ano. (Sim, antes que você pergunte, eu assisti a Mad Max - Estrada da fúria, achei foda, mas pra mim não superou Jurassic World). É só a minha opinião, gente. Superem.

Enfim. Vamos aos cinco motivos pelos quais você deve tirar seu bumbum da cadeira e correr pro cinema AGORA caso ainda não tenha assistido ao filme? (Viu, Carol?) 

1. Chris Pratt. <3
Aí eu já podia acabar o post aqui, porque Chris Pratt já basta. Ele é lindo, ele é foda, ele é engraçado, ele domesticou velociraptores. Tá super badass dirigindo aquela motoca com os dinossauros correndo do lado. 


2. Dinossauros. <3
Se você me conhece, você provavelmente sabe que eu sou completamente alucinada por dinossauros. E dinossauros sempre serão um motivo mais que suficiente pra eu assistir a um filme, ler um livro e por aí vai. Eles são criaturas fascinantes e, embora o filme não siga ao pé da letra as descobertas científicas mais recentes, é legal vê-los em ação e imaginar como seria a vida deles milhões de anos atrás. Dinossauros correndo, comendo, brincando, caçando, lutando entre si e até mostrando que conseguem ser mais inteligentes que você. Eu dava pulinhos na cadeira do cinema, meus olhos brilhavam e eu não conseguia parar de sorrir feito uma abestada cada vez que um dino aparecia na tela (mesmo que fosse em uma cena de matança, hahahaha). Isso arrancou boas risadas do meu namorado.

3. Nostalgia.

O filme tá cheinho de referências a Jurassic Park. E se você é obcecado por dinossauros e, como eu, assistia ao primeiro filme repetidamente quando era criança e até hoje, vamos ser sinceros, você vai ficar bem nostálgico e vai adorar identificar as referências. Se você não se lembra de muita coisa do primeiro filme, talvez valha a pena assisti-lo novamente antes de ir ao cinema. Não faz diferença no enredo se você vai ou não entender as referências, mas eu, particularmente, acho que isso torna a experiência toda bem mais divertida.

4. O avanço tecnológico e as possibilidades que isso traz. 
Tudo bem que a tecnologia ainda não avançou o suficiente pra fazer a gente visitar um parque assim de verdade, mas é incrível imaginar que um dia isso pode vir a ser possível, assim como muita coisa que antes só víamos em filme e hoje são realidade. Imagina você chegar num parque assim e ver hologramas de dinossauros que atravessam você, poder fazer carinho em um brontossauro e cavalgar um triceratops? Só consigo suspirar e pensar no quanto isso seria maravilhoso. E desejar que isso aconteça antes de eu morrer, claro.

5. Bryce Dallas Howard correndo de salto durante todo o filme.

Sim, esse fato merece destaque e a atriz está de parabéns. Ter preparação física pra correr o tanto que essa mulher corre no longa já é um mérito. Mas fazer isso de salto? Gente. Na grama, na areia, na lama, no concreto, no mármore, no piso molhado, lá estão os saltos (agulha, diga-se de passagem) de cor bege da Bryce. Pelo que li por aí, haviam sugerido o uso dos saltos e a atriz não tinha topado, até que mudou de ideia no primeiro dia de filmagens. E aí rolou toda uma preparação pra isso. Porque, NÉ?

E é isso. Eu realmente espero que você assista ao filme e que goste tanto quanto eu. Próximo passo agora é assistir em 4D, com cadeiras tremendo e tudo. Bora?

2 comentários :

  1. Estou com mais vontade ainda de ir assistir depois de lê seu post, Lu!

    ResponderExcluir
  2. Yay! Adoro quando consigo convencer as pessoas. Assiste, mulher. É sensacional! :)

    ResponderExcluir